Ad Libitum em apresentação única em Itabira

O trio Ad Libitum, encontro dos músicos Fabíola Protzner (soprano), Pedro Vianna
(barítono) e Ricardo Matosinho (piano), faz apresentação única no Festival de Inverno de Itabira.

Acompanhados de uma Orquestra, trazem no repertório canções que passam por várias décadas começando no século XX até os dias atuais:
– Medley Milton Nascimento
– Céu de Santo Amaro – Flávio Venturini
– Romaria – Renato Teixeira
– Rosa – Pixinguinha
– Melodia Sentimental – Heitor Villa-Lobos
– Atraente – Chiquinha Gonzaga
– Naquela Mesa – Sérgio Bittencourt
– Amor Perfeito – Paulo César Guimarães / Lincoln Moreira / Robson da Costa / Michael Sullivan
– Carinhoso – Pixinguinha
– Encontros e Despedidas – Milton Nascimento
– Pra não dizer que não Falei das Flores – Geraldo Vandré
– Pra Sonhar – Marcelo Jeneci
– Dia Branco – Geraldo Azevedo
– Se Deus me Ouvisse – Chitãozinho & Xororó
– Evidências – Chitãozinho & Xororó
– Berimbau / Mas Que Nada – Vinicius De Moraes / Baden Powell / Jorge Ben / Emily Cranz
O projeto conta com patrocínio da Valenet e Santa Fé e é realizado com os benefícios da
Lei Municipal de Incentivo à Cultura de Itabira – MG “Lei Drummond”

Serviço:
Quando: Sexta-feira, 30 de julho às 19h
Onde: Teatro da FCCDA
Endereço: Av. Carlos Drummond de Andrade, 666 – Centro / Itabira
Ingressos: Entrada gratuita. Retirada na bilheteria da Fundação Carlos Drummond de Andrade

O trio:
Três renomados músicos encontram-se para formar o Ad Libitum, que nasceu para desconstruir paradigmas, aproximando o público do repertório pop/erudito. Em pouco tempo de existência, o grupo vem se consolidando por toda Minas Gerais, deixando sua marca em importantes espaços e eventos culturais por onde passa.

Fabíola Protzner:
Vencedora dos prêmios Revelação e Júri Popular Feminino, no 9o Concurso Internacional de
Canto Bidu Sayão, e do prêmio de “Voz com Melhor Futuro”, no Internationale Wettbewerb
Karlsruhe für das Lied des 20. und 21. Jahrhunderts.
Recentemente, concluiu mestrado em canto, em Hamburgo, na Alemanha, onde aprimorou seus estudos em performance operística e música de câmara no Johannes- Brahms-Konservatorium, sob a orientação da professora Ovsanna Nalbandyan. Como solista, já se apresentou sob a regência de Marcos Arakaki, Sílvio Viegas, Roberto Tibiriçá, Roberto Duarte e Roberto Minczuk.
Foi também, solista convidada de algumas das maiores orquestras do Brasil, como a Orquestra Filarmônica de Minas Gerais e a Orquestra do Teatro Municipal de São Paulo. Em seu repertório destacam-se montagens das óperas A Flauta Mágica, O Elixir do Amor, Don Giovanni, Cosi Fan Tutte, Rita, La Traviata, Nabucco, entre outras.

Pedro Vianna:
Vencedor do “V Concurso Jovem Solista da Orquestra Sinfônica de Minas Gerais”, o barítono
Pedro Vianna iniciou seus estudos de música em 2009, no Centro de Formação Artística do
Palácio das Artes (CEFAR) em Belo Horizonte, na classe do professor Néstor Gurry (CUB). É
bacharel em Canto Lírico pela Universidade do Estado de Minas Gerais na classe do professor Sérgio Anders. Participou de máster-classes com importantes nomes da lírica nacional e internacional como Eiko Senda (JAP), Damon Ploumis (EUA), Ismini Giannakis (GRE), Lucia Duchonova (SLO), Paulo Szot (BRA), Inácio de Nonno, Laura de Souza, Marcelo Coutinho, Lício Bruno, Carolina Faria e Eric Herrero. De 2010 a 2018, atuou como músico convidado no Coral Lírico de Minas Gerais, participando de importantes montagens de óperas, concertos sinfônicos e oratórios.
Em seu repertório como solista, destacam-se Carmina Burana de Carl Orff, Messe Solennele de C. Gounod além das montagens de Gianni Schicchi, La Traviata, Romeo et Juliet, entre outras.

Ricardo Matosinho:
Natural de Itabira, iniciou seus estudos musicais ao 7 anos. Graduou-se em bacharelado em piano pela Escola de Música pela Universidade Federal de Minas Gerais na classe do professor Miguel Rosselini e fez pós graduação em Gestão Cultural pela UNA. Em sua carreira destacam-se apresentações nas principais séries de concertos do país, como Jovem Músico BDMG, Festival Nacional da Música de Divinópolis e FEMUSC em Santa Catarina. Participou de Master Class com renomados pianistas como Celina Szrvinsk (Brasil), Cristina Ortiz (Brasil/Inglaterra), Stéphan Sylvestre (Canadá), Berenice Menegale (Brasil), Fany Solter (Brasil/Alemanha) e Ricardo Castro (Brasil/Suíça). Após temporada morando em Berlim, foi contemplado pelo MinC com bolsa de estudos para o conceituado curso de Villa Medici Giulini (Milão – Itália) com um dos maiores pianistas do século XX, Paul Badura-Skoda. Atualmente é professor de piano no ECA – Espaço de Cultura e Arte, centro cultural de referência em Belo Horizonte, que fundou e é sócio proprietário.

Informações: (31) 3835-2102
Produtor: Filipe Guimarães
E-mail: contato@eca.art.br / celular: (31) 98797-1333